19/03/10

Por quê Precisamos da igreja?

Porque Precisamos da igreja?

Efésios - 5 - 25: 27

Por várias razões:
1. Porque ela nos proporciona o povo de Deus para viver:
Precisamos uns dos outros. Ninguém pode ser um verdadeiro cristão isolado. "Ovelha que vive sozinha vira petisco de lobo". Como diz a Palavra: "Não abandonemos, o costume de assistir as nossas reuniões. Ao contrário, animemo-nos uns aos outros" (Hb. 10.25).

2. Porque ela nos proporciona os princípios para viver.
Na igreja somos nutridos e alimentados pela Palavra de Deus, através dos estudos, mensagens e pregações, o Senhor nos guia. "Lâmpada para os meus pés é a tua Palavra e Luz para o meu caminho" (Sl 109:105).

3. Porque ela nos dá os propósitos para viver.
Na igreja descobrimos que a nossa existência não é fruto do acaso, mas que há um significado e objetivo para nossas vidas. "Vocês foram escolhidos para anunciar os atos poderosos de Deus, que os chamou da escuridão para a sua maravilhosa luz" (1 Pe 2.9). Somos embaixadores de Deus neste mundo!

4. Porque ela nos dá o poder de Deus para viver:
Na comunhão da igreja, experimentamos o poder de Deus que transforma o ser humano. Muitos querem mudar de vida e não conseguem, só a mensagem do evangelho anunciada pela igreja pode fazer isso. "Pois não me envergonho do evangelho, pois é o poder de Deus para a salvação do todo o que crê” (Rm 1.16)
O Jornalista e escritor americano Philip Yancey foi criado e educado na igreja, mas após a faculdade saiu da igreja e depois de um tempo afastado voltou para a comunidade de fé e escreveu em um dos seus livros "Saí da igreja porque encontrei muito pouco da graça de Deus lá, mas retornei porque não encontrei a Graça divina em nenhum outro lugar".
Jesus ama a igreja e morreu por ela.
Enquanto viver quero servir à Noiva de Jesus e você?

A alegria no lar.

Lucas - 15 - 8: 9

A família tem sido o alvo tanto de Deus para edificá-la, como também do inimigo para destruí-la. Um outro problema que tem feito com que as famílias percam alguns valores é a correria do dia a dia, em função do capitalismo, que tem cerceado o tempo dos pais (os conjugues) e também em relação aos filhos.
Definição de lar: Lugar onde se mora e se vive. Portanto, é o lugar onde deveríamos ver a alegria transbordando.
Trabalho: Trabalhamos melhor e produzimos mais quando tudo vai bem em casa. Queremos voltar para o lar o mais rápido possível e com a satisfação.
Estudos: Geralmente os péssimos alunos são de famílias destruídas ou em decomposição.
Igreja: Muitas pessoas vão ao templo/igreja, como cacos ambulantes, na esperança de receberem uma benção para reconstruir sua família. Se fosse o contrário e saíssemos de casa para o culto com alegria, certamente o mesmo seria mais festivo e cheio de louvores e nos renderíamos mais a Deus.
Uma figura cheia de verdade.
Dracma = moeda = valores = 10 dracmas =10 valores.
A mulher tinha 10 valores, perdeu 1 valor e procurou até achar.
Quais os valores que já sumiram em sua casa? Em seu casamento?
O que você tem feito para resgatá-los?
vejamos a baixo alguns exemplos de valores perdidos:

1. Sumiu a dracma do respeito:
Respeitar é considerar o valor do outro. Quem respeita, ouve com atenção e participa dos sonhos do outro! !ºPedro 3:1 e 7. Sumiu o diálogo e o respeito entre pais e filhos. Leia Colossenses 3:20-21.

2. Sumiu a dracma do carinho:
O carinho é uma manifestação de amor, ele desemboca no beijo, no abraço gostoso. O carinho de pai e filho que anda sempre juntos, que desenvolvem um diálogo amigo.
O carinho de cônjuges que ainda trocam elogios prioriza um ao outro e transpiram prazer quando estão pertos. I Pedro 3:8-9.
Nota: Destacamos duas lindas expressões neste texto acima citado: “fraternalmente amigo” e “bendizendo”.
*Você já beijou seu conjugue hoje? Já declarou amor a seu filho (a)? Já abraçou seus pais?

3. Sumiu a dracma da religiosidade:
A vida religiosa de muitas famílias tem se limitado a “casar no religioso” ou “batizar os filhos” e, nada mais. Depois, só no dia do enterro, ou numa grave enfermidade é que voltam a pensar em Deus. Outros, vão um pouquinho mais adiante: ainda vão aos cultos de Domingo. Mas, em casa, não há os cultos domésticos, não há vida de oração e de leitura Bíblica. Creio que não será difícil você lembrar outras dracmas/valores, que estão desaparecidos no lar. Mas não vamos nos deter mais tempo na tragédia, vamos procurar logo a solução.

4. Como encontrar a dracma perdida?
Decida ser oi herói da casa:
Muitos pais procuram o pastor e pedem para dar um jeito em seu filho e vice-versa. Veja o 1º segredo do texto: Note que os verbos estão na 1ª pessoa do singular: “eu perdi, eu achei”. Foi também ela que procurou, não foram às vizinhas que vieram varrer sua casa. Não foi procurar o pedreiro que havia construído a casa. Ela mesma decidiu procurar.

Conclusão:
Você quer que alguma área seja restaurada em seu lar?
Está procurando a dracma/valor perdido?
Está varrendo a sujeira (poeira) para poder achar?
Busque a Deus para Ele usar você, para achar estes valores e diga: “Eis me aqui Senhor, envia-me a mim”. (Isaías 6:8)
Ditado: As pessoas tentar justificar-se dizendo: Na bíblia está escrito que “santo de casa não faz milagre”.
Nunca vi isto na Bíblia, mas li o contrário: que os ensinos de Jesus através de Paulo e outros, dizem que nós podemos influenciar nosso lar. Leia: I Pedro 3:1-2
No texto de II Reis 4:26 existe uma ordem nas palavras que chama nossa atenção: “Vai tudo bem? Contigo, com teu marido, com o menino? Notem: Primeiro preciso estar bem comigo para depois estar bem com minha casa”.
Valorize os pequenos detalhes.
A mulher tinha 10 dracmas/valores, perdeu apenas uma. Ficou com 9 valores (a maioria). Mas, antes de perder a segunda ou a terceira, parou para costurar a carteira.
Pequenos detalhes:
Bom dia/boa noite -Parabéns no aniversário
Escovar os dentes -Usar desodorante - Roupa espalhadas
Estes são alguns pequenos detalhes, entre tantos, que você poderá relacionar. Peça sabedoria a Deus. Tiago 1:5.
Não aceite o caos como algo natural.
O texto nos diz que a mulher procura a moeda, isto é, ela não assentou na cadeira da comodidade dizendo: “a vida é assim mesmo! É comum perder uma moeda tão pequena. Deixa para lá!” Não! Ela reagiu, se esquentou, foi atrás. ela procurou, observação:
Quantos em sua casa se assentam na cadeira da comodidade, sempre achando que “o mundo é assim mesmo, não tem jeito de melhorar”, ou afirmando: “todo o marido é safado mesmo”, ou “todo adolescente tem que usar drogas...”, ou ainda: “toda mulher é lamurienta mesmo!”
Deus não fez, meu querido irmão, seu lar para ser um inferno, e, se está sendo, precisamos reagir, ir à luta, como é o caso de ABIGAIL, relatada em I Samuel 25:1-44. A verdade é que muitos não acham nada porque não estão procurando. Decida, agora, um meio de salvar seu lar. Decida, agora, investir na procura de uma restauração da alegria em seu lar.
Humilhe-se para fazer mudanças:
Veja os textos: Lucas 14:11; Filipenses 2:8; Tiago 4:10; I Pedro 5:6. A mulher “varreu a casa”. Varrer incomoda quem se prontificou a assentar; varrer incomoda a poeira ou sujeiras que já se “tornaram parte” da mobília. Quem sabe, é isto que esta faltando em sua casa: Uma varridinha em:
Sua boca, para produzir novas palavras. Provérbios 18:21; 21:23; Tiago 3:10.
Seu tempo, para que você o administre melhor e tenha tempo para Deus. Eclesiastes 3:1-8. Em suas prioridades, pois poderá ser que os valores que estão perdidos estejam bem relacionados a isto.
Nota: Coloque-se em oração para que o Espírito Santo lhe ajude a entender quais “os cantos que precisam ser varridos”.
seja diligente, expressão do texto é fortíssima: “até encontrá-la”. Seja obcecado por este propósito. Ela só parou de procurar quando encontrou a dracma/valor. Há os que procuram os valores perdidos dentro de casa, como menino mal mandado: dá só uma olhadinha por cima e diz que não encontrou. Procuram com tanta má vontade, com tanta preguiça que, mesmo estando próximo do que procuram, não encontram.
Conselhos: Não é só procurar e dizer: “Eu não achei! Não adianta procurar!”;
Coloque a restauração do seu lar como o seu maior ideal de vida;
Não desista facilmente, vá em frente:
Procure um método
Procure um meio correto
Procure uma benção de Deus
Procure um casal amigo/ajuda.

5. Sobre tudo acenda a candeia:
Foi à primeira coisa que ela fez;
No escuro ficaria difícil procurar;
Em João 8:12 diz para nos envolvermos de forma séria com Jesus; Ele iluminará sua história, sua casa, sua vida, etc. Talvez você diga: “Mas eu sou religioso, eu tenho Jesus”. Ter Jesus do ponto de vista humano e religioso não basta. Você precisa é nascer de novo (II Coríntios 5:17). Com a unção do Espírito Santo, a possibilidade de dar certo e de se achar o que se está procurando é maior. Vejam que não estou falando no sentido de se ter algum dom espiritual como: profecias, línguas estranhas, etc., e sim, mais propriamente, dos frutos do Espírito (Gálatas 5:22-26) que, com certeza, ajudarão em muito para a restauração de muitas áreas que estão deficitárias. Nota: Tem gente sofrendo porque perderam dracmas em sua casa e sofrem mais porque estão procurando e não acham. Estão cansados, desesperados e desanimados. O que falta? Acender a luz! Quanto a isto é preciso sempre esclarecer uma coisa, pois alguns dizem: “mas eu já sou religioso, gosto de Jesus, creio nele!” A Bíblia diz que até o diabo crê em Jesus e treme (Tiago 2:19).

VIVER COM PROPÓSITO - ISAÍAS 26:1-4

1. Dr. Hugh Moorhead, professor de filosofia da Universidade de Illinois, EUA, perguntou a 250 renomados filósofos, cientistas e intelectuais do mundo: “qual o significado da vida”?. Respostas: alguns deram bons palpites, outros inventaram um propósito para não passar em branco, outros honestamente disseram que não tinham a menor idéia e vários pediram ao professor que, caso ele descobrisse a resposta, que comunicasse com eles.

2. PERFIL DE ISAÍAS Profeta urbano e ligado à corte; ministério - exercido entre 740 e 700 a.C; tempo - de agitação política (por causa do domínio assírio) e de agitação espiritual (por causa do domínio do pecado); mensagem - de confrontação e de encorajamento.

3. ENCORAMENTO: Isaías aponta para um DIA DE VITÓRIA
a) Dia de celebração (v. 1a - “naquele dia se entoará este cântico na terra de Judá”)
b) Dia de reafirmação (v. 1b – “temos uma cidade forte, Deus lhe põe a salvação por muros.....”)
c) Dia de comunhão (v. 2 – “abri as portas....”) Nb.:
+ Sentido primário – restauração de Jerusalém com o fim da dominação assíria
+ Sentido pleno – estabelecimento da Nova Jerusalém para todos os salvos pelo Messias de Israel - Ap 21:10-11 (“ a santa cidade, Jerusalém,... tem a glória de Deus”); Hb 12:22

4. PROPOSTA DO ESTUDO: a) Como chegar hoje a esta experiência presente de restauração existencial e no futuro de restauração salvadora plena? Isaías diz que “é preciso ter um propósito de vida “ (v. 4)
a) “Propósito= “formar, moldar, imprimir diretrizes”
b) “O homem sem propósito é como um barco sem leme” (Thomas Carlyle)

UMA VIDA COM PROPÓSITO (v. 4)

I – UMA VIDA CENTRADA EXCLUSIVAMENTE EM DEUS (v. 4 “Tú, Senhor,...”)

“A menos que se admita a existência de Deus, a questão que se refere ao propósito para a vida não tem sentido” (Bertrand Russel – ateu)

Is 44:1-6
1. PQ DEUS É O NOSSO CRIADOR (Is 44:1-2)
Só quem nos criou pode definir eficientemente o propósito para a nossa existência...

2. PQ DEUS É O NOSSO MANTENEDOR (Is 44:3-4)
Só quem nos mantém pode criar as condições para que vivamos com propósito....

3. PQ DEUS É O NOSSO SENHOR (Is 44:5-6)
Viver com propósito significa viver como servo de Deus
Nb.: propósito não é aquilo que você decidiu fazer da sua vida e depois só comunicou a Deus, mas é aquilo que Deus decidiu fazer de sua vida e comunicou a você!

II – UMA VIDA COM QUALIDADE DIFERENCIADA
(v. 4 “conservarás em perfeita paz...”)

1. PAZ PERFEITA NÃO É:

a) Ausência de sofrimento – I Pd 5:10
b) Ausência de conflito – Gl 2:11 (Paulo resistiu a Pedro “face a face pq se tornara repreensível”)

1. PAZ PERFEITA É:
a) Paz da singularidade (“Pessoa certa...”) Você é o único “você” que Deus criou. A probabilidade de que exista alguém igual a você, no presente, passado ou futuro é infinitesimal, algo como 10 elevado à potência 3.000.... Deus criou você e quebrou o molde... Ninguém pode duplicar a sua vida... Não existe uma caixa com “cópia de segurança” sua na oficina de Deus.. Você é o cometa halley de Deus: só temos uma oportunidade de vê-lo brilhar! (Max Lucado).

b) Paz da utilidade (“... nos lugares certos...”) Diante da ordem dada pelo presidente John Kennedy para plantar um carvalho no gramado da Casa Branca, o jardineiro protestou dizendo que a árvore não cresceria em menos de dez anos. “Então aí está uma razão para você plantá-la logo: plante hoje mesmo”, disse Kennedy. Você é único, mas precisa ser útil sem medo da grandeza do propósito que Deus lhe determina. Moisés só tinha um cajado, Davi só um estilingue, Sansão só uma queixada, Raabe só uma corda, Maria só um pouco de ungüento, Arão só uma vara, Dorcas só uma agulha, MAS TODOS FORAM USADOS POR DEUS POR QUE TIVERAM O PROPÓSITO DE SEREM ÚTEIS! A paz perfeita é a paz da utilidade!

c) Paz da verticalidade (...” pelas razões certas”) Michelangelo foi um grande escultor. Com pouco mais 30 anos, quando já tinha produzido obras primas como Pietá e Davi, recebeu do papa Julio II a tarefa de esculpir algumas figuras no teto de uma capela do vaticano. Apesar de resistente no início, por não ser a pintura a sua paixão, acabou aceitando o desafio. Quatro anos mais tarde, depois de ter pintado 400 figuras e 9 cenários e ter perdido a saúde de tanto trabalhar, Michelangelo acabou fazendo uma obra que redirecionou o estilo da pintura européia e mundial. A um observador do trabalho lhe perguntou porque dera tanta atenção nos detalhes dos cantos da capela se ninguém nunca os veria, ele respondeu de maneira firme: “Deus verá”. Para viver com propósito não basta ser único, ser útil, é preciso fazer tudo para a glória de Deus = paz da verticalidade.
Ef 6:7 “Sirvam de boa vontade, como ao Senhor e não para homens”

III – UMA VIDA QUE PAGA O PREÇO DA CONSTÂNCIA
(“aquele cujo propósito é firme”)

1. PROPÓSITO FIRME É O QUE RESISTE AO TEMPO (Is 25:1 – “ó Senhor, tu és o meu Deus; exaltar-te-ei a ti e louvarei o teu nome, porque tens feito maravilhas e tens executado os teus conselhos antigos, fiéis e verdadeiros”) Judith Dias Pinheiro, é um grande exemplo de alguém que decidiu viver com propósito: missionária servindo ao Senhor desde a juventude, registrou no cartão de aniversário dado aos convidados para a sua festa de 90 anos: “O Senhor levará a bom termo o que me concerne” (Sl 138:8); a doutrina da providência ensina aos cristãos que eles nunca estão presos à sorte cega, à casualidade ou ao destino. Tudo o que lhes acontece é divinamente planejado e cada acontecimento chega como um novo convite a confiar, a obedecer e regozijar-se, sabendo que todas as coisas ocorrem para o seu bem espiritual e eterno” (Rom 8:28). Viver com propósito não é um projeto para um ano ou uma década, mas para toda a vida!

2. PROPÓSITO FIRME É O QUE PERMANECE NO FOCO Quando Davi se apresentou a Saul para lutar contra Golias, vendo que Golias tinha mais de 2.70 de altura, um capacete de bronze, uma couraça de escamas de 56 quilos, caneleiras de bronze, uma lança com uma ponta de 7 quilos (I Sm 17:4-7), Saul mais do que depressa quis dar ao pequenino Davi uma armadura e um capacete de bronze. Contudo ele rejeitou, escolheu as pedras e derrotou o gigante com um estilingue, ensinando-nos que nem tudo que serve para os outros serve também para nós. Se um rei lhe der uma armadura não significa que você deve usá-la: só porque alguém lhe deu um conselho, um emprego, uma promoção, não significa que você tenha que aceitar. Viver com propósito não é fazer muitas coisas, mas fazer exatamente aquilo que Deus estabeleceu como foco central das nossa vidas...

CONCLUSÃO: viver com propósito é viver em Cristo (Is 9:6-7)



1. É viver na melhor fonte de vida: o Senhor Jesus Cristo (Jo 4:6-15)

2. É desfrutar da melhor paz de vida: a paz perfeita de Jesus Cristo (Col 3:15)

3. É permanecer até o fim na prática da melhor vontade da vida: a vontade de Jesus Cristo Jo 13:17 4. Propósitos que partilharemos daqui até novembro:
a) Adoração: você foi planejado para agradar a Deus
b) Comunhão: você foi formado para fazer parte da família de Deus
c) Discipulado: você foi criado para conhecer e ensinar todo o desígnio de Deus
d) Serviço: você foi moldado para demonstrar o amor de Deus
e) Evangelização: você foi criado para partilhar a salvação de Deus

VIVENDO COM PROPÓSITOS
A CONSOLIDAÇÃO DO SERVIÇO PESSOAL - COL 4:17
» A DINÂMICA DO SERVIÇO - ROM 12:3-8
» EXIGÊNCIAS DO TRABALHADOR DO REINO - Rom 12:1-2
» AS QUALIDADES DO SERVIÇO DO REINO - I PD 4:7-11
» O SERVIÇO DO REINO - MT 21:28-32
» A BATALHA DA EVANGELIZAÇÃO – MARCOS 9:14-29
» AS CONEXÕES DA EVANGELIZAÇÃO: DAR DE COMER A QUEM TEM FOME
» O FOCO DA EVANGELIZAÇÃO - MC 5:14b-20
» A ESTRATÉGIA DA EVANGELIZAÇÃO - MC 3:13-19; 6:7-13
» A MENSAGEM DA EVANGELIZAÇÃO - MC 2:1-12
» O CHAMADO PARA A EVANGELIZAÇÃO - MC 1:16-20
» DISCIPULADO, UM CHAMADO À GRANDE COMISSÃO - MC 16:14-20
» DISCIPULADO, UM CAMINHO DE SUPERAÇÃO - MC 10:32-34
» DISCIPULADO, CAMINHO DE SALVAÇÃO - MC 10:17-27
» DISCIPULADO, UM CAMINHO DE SERVIÇO – JO 13:1-17
» AS EXIGÊNCIAS DO DISCIPULADO – MC 8:34-38
» O PERFIL DO DISCÍPULO – MARCOS 8:27-33
» RESTAURANDO RELACIONAMENTOS QUEBRADOS - MT 18:15-20
» COMUNHÃO: UM CAMINHO DE INTEGRAÇÃO – At 2:36-42
» UNIDADE: CAMINHO DA BÊNÇÃO - SL 133
» COMUNHÃO, CHAMADA AO AMOR - JO 13:31-35
» DESENVOLVENDO UM PROJETO DE ADORAÇÃO - LC 22:39-46
» O DEUS QUE DESCE NA ADORAÇÃO - ISAÍAS 64
» O DESAFIO DA ADORAÇÃO COMUNITÁRIA - LC 17:11-19
» A ADORAÇÃO QUE JESUS RECONHECE - MC 14:1-3
» AS IMPLICAÇÕES DA RESSURREIÇÃO - MT 28:1-10
» A FESTA DA PÁSCOA - EX 12:1-28
» VALE A PENA FAZER DE DEUS O PROPÓSITO CENTRAL DE NOSSAS VIDAS - SL 73
» VIVENDO O MAIOR PROPÓSITO DIVINO: A PERFEIÇÃO - (Fp 3:12-16)
» VIVER COM PROPÓSITO - ISAÍAS 26:1-4

JESUS ENTRA EM NOSSA VIDA - LC 5:1-11

Pedro, que já conhecia Jesus parcialmente (Lc 4:38-39), passou a conhecê-LO totalmente a partir deste encontro no qual JESUS ENTROU EM SUA VIDA....

I – PARA COMUNICAR-SE COM A MULTIDÃO (v. 1-3)

1. RETRATO da multidão
Buscava Jesus para buscar a Palavra de Deus (v.1)
2. ESTRATÉGIA de Jesus para alcançar a multidão
Usou o instrumento de trabalho de um pescador (v. 2-3) Jesus quer entrar hoje no nosso “barco profissional” para a partir dele repartir com a multidão Sua Palavra divina...



II – PARA TRANSFORMAR FRACASSO EM VITÓRIA (v.4-7)

1. ENVIANDO para onde não queremos voltar (v. 4)
Pedro pescou no lugar certo, na hora certa, com a equipe certa, com a técnica certa, com a disposição certa, mas deu tudo errado! Jesus o devolve para o mesmo lugar onde fracassou para ensinar-lhe a PERSISTIR! Kant: “a paciência é amarga, mas seus frutos são doces”

2.FORNECENDO a maior de todas as GARANTIAS: Sua própria PALAVRA (v. 5)
Pela Palavra de Jesus a lógica dos fatos dá lugar à loucura da fé (v. 5),o desânimo é substituído pela coragem (v. 6 – “isto fazendo”), o ineficiente esforço humano dá lugar ao eficiente milagre divino (v. 6b-7)
“A fé vê o invisível, crê no incrível, consegue o impossível” (Oswald Smith)
“A vitória que vence o mundo é a nossa fé” (I Jo 5:4) e a “fé vem pela Palavra de Cristo” (Rom 10:14). A transformação do fracasso em vitória não depende das nossas habilidades, das nossas experiências passadas, dos nossos sentimentos presentes, mas do poder de Jesus manifestado em Sua Palavra!

III – PARA REVELAR IDENTIDADES (v. 8)
O maior milagre experimentado por Pedro não foi a visão da abundância de peixes, mas a visão da sua humanidade e da divindade de Jesus (“vendo isto”)

1. Jesus revelou a SUA identidade (v. 8) Pedro começou chamando Jesus de “Mestre” (v. 5), mas depois do milagre O chamou e O tratou como “Senhor” (v. 8). Jo 20:30-31 (cada milagre do homem chamado Jesus foi realizado para evidenciar que Ele é o Cristo = Deus).

2. Jesus revelou a identidade de PEDRO (v. 8) Pedro, impactado pela santidade de Jesus, reconheceu sua própria pecaminosidade....
IV – PARA NOS DESAFIAR A VIVER UM NOVO SONHO (v. 9-11)

1. Sonho gestado na percepção da SINGULARIDADE DE JESUS (v. 9-10
a). Somos chamados a viver permanentemente admirados com Jesus....

2. Sonho que se torna maior que todo os TEMORES DE UMA MUDANÇA- (“não temas - v. 10) “ O medo do desconhecido bloqueia o sonho.... O sonho de viver envolve risco: risco de fracassar, ser rejeitado, frustrar-se consigo mesmo, decepcionar-se com os outros, ser incompreendido, ofendido, reprovado, adoecer. Não devemos correr risco irresponsáveis, mas também não devemos temer andar por terrenos desconhecidos, respirar ares antes nunca respirados” (Augusto Cury)

3. Sonho que faz o PASSADO “parecer” insignificante (v. 10 – “doravante, serás....) Quem desvaloriza o passado, desconecta-se do futuro; mas quem não admite algo novo no futuro, não compreendeu a mensagem do passado . Is 43:18-21

Como pescador de peixes Pedro influenciou a história de sua aldeia, ao se tornar pescador de homens Pedro influenciou a história das nações...

4. Sonho que torna o NADA DE HOJE absolutamente melhor que o TUDO DE ONTEM (v. 11, Mc 1:16-20) Pedro, Tiago e João deixaram os peixes, os barcos, a empresa de pesca, a família, a profissão, mas ganharam a maior de todas as riquezas – o ganho de almas para Jesus, pois uma alma vale mais do que o mundo (Mc 8:36).

REFLITA
1. Até que ponto seu trabalho tem sido um instrumento de comunicação da Palavra de Deus?
2. Que área de sua vida você quer ver Jesus, pela Sua Palavra, transformando o fracasso em vitória? Que promessas de Jesus você vai se apropriar?
3. Que visão Jesus tem lhe dado a respeito de você mesmo?
4. Quem é Jesus para você?
5. Jesus sonha em vê-lo(la) como um “pescador de homens”:
a) Como tem sido o seu contato direto com os “peixes” (não cristãos)?
b) Qual a sua real disposição de “pescá-los” (evangelizá-los)?
c) Que tipo de “iscas” (estratégias) você tem usado?
d) Liste os cinco “peixes” principais que você quer pescar para Jesus...

Nenhum comentário: